4 de jun de 2016

Nos perdemos

Tentei negar pra mim, fingia não entender, queria não entender. É difícil entender, é doloroso chegar a essa conclusão. Mas nos perdemos. Desencontramos um do outro. Meu amor é o mais forte que se pode ser, mas as raízes já não conseguem se prender ao solo. Faltou regar, adubar, cuidar. Minhas raízes não sustentam nós dois. Felizmente. Nunca tive pretensão. Eu avisei, eu alertei, eu disse que tava cansada de cultivar o amor sozinha. Nos perdemos um do outro e doi muito. Caminho louca tateando as cegas por você. Não to te encontrando. Ando com medo e angústia. O que prevejo é mais distância e o amor secando, sem olhar nem carinho. Mas amor é o inverso disso e não tem sentido se não for pra florescer. Nos perdemos um do outro e doi muito, porque não temos mapa nem bússola. A nossa energia que sempre convergiu e nos guiou, hoje nos afasta. Nos perdemos um do outro e não sei se queremos nos achar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário