29 de out de 2013

Desilusão

 Eu queria tá aqui dizendo versos bonitos, rimas perfeitas. Mas eu perdi meu amor e acabei por me perder junto. É tão difícil dizer pra si que tudo tá tão solto, que agora não tem porque e com quem caminhar de mãos dadas. Essa minha visão romântica da vida fugiu. Eu to tentando encontrá-la no seu cobertor, na minha foto na cabeceira ou escavando meu coração. E quanto mais cavo, a pontada se agrava. É ruim desistir. Eu não fui feita pra dizer não. Mas que opção eu teria?
 Desiludi. Não sei se pra sempre. Mas as últimas horas tem sido assim. Desilusão. O choro soluça, o corpo reprime. Porque é tão difícil o amor e suas peças? Eu tava indo bem no meu papel, tava tudo lindo. Porque é que agora tudo parece o drama mais triste de todos os tempos? Porque a gente não pode apagar a distância, juntar os corpos? Teu cheiro me foge da mente e eu me perco sem ele. Teu abraço me deixou com o corpo solto e me desmancho sem ele. Tua ausência me deixou sem forças e eu enlouqueci.
 Desiludi. Eu to explodindo, a dor de cabeça parece ser pequena pra o aperto no coração... Eu queria te ter envolvido em mim, a gente se misturando. Eu queria ter que procurar minha parte em tu, tua parte em mim. Eu queria me encontrar nessa bagunça. Como faz pra dá o primeiro passo e encarar esse mundo que tá se mostrando mais cinza a cada segundo? Como eu posso colorir de novo minha vida sem ti?
 Eu quero nunca mais amar. Nunca mais amor. Isso é possível?

Um comentário:

  1. Vai passar minha bela! Tudo é um aquestão de tempo! Seu coração vai cicatrizar e outros amores virão! Quem sabe bem mlehor e bem maior, voce tem uma vida inteira para Amar! beijos carinhosos em voce criaturinha linda! Sua tia que te ama!

    ResponderExcluir