16 de abr de 2012

TPM

 Posto - meus sentimentos - numa sacola, uma vez por mês a sacodem. Com força! A cabeça fica confusa, a confiança regride e toda certeza vira um mar onde eu, navego num barquinho... sozinha. Tudo o que dói, é por sentir a solidão. A verdadeira solidão. É onde um machucadinho, vira algo tão grande que parece ser incurável - e é, no momento é incurável. Toda nuvem parece carregada, toda chuva uma louca tempestade e toda sanidade esvazia-se.
 Uma vez por mês, me sacodem. Com força!!! Não tem amor nem carinho. Só desespero. Um alfinete parece uma lança mortífera e o mesmo, me espeta e me espeta e me espeta e me espeta. Até formar um grande buraco no meu coração, que sangra, sangra, sangra, sangra. Depois de alguns dias sara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário