10 de out de 2012

Reflorescimento

 Eu respiro, finjo parecer algo normal... Tentar esquecer, sabe? Como quem diz: Isso acontece com todo mundo, eu não sou diferente. Comigo não vai ser diferente. E aí eu me ponho a chorar, lamentando toda a situação. Melodramática, que sou. Sentimentalismo excessivo. Sempre fui assim, muito ofendida com a vida. Ela vem, dá um chute manso e eu faço disso uma novela. E sempre me pergunto, será que sou só eu que assisto? Daí me ponho a chorar, novamente. E quando ela, a vida, resolve ser bondosa, eu estranho. Encaro-a. Indagando-me. Eu mereço? É... Como quem se acostuma e se surpreende por estar feliz. No entanto, vou pondo a roupa, apressada, e tratando logo de correr pra encontrar com ela. Saio pisando em buracos, poças, me sujando, lavando minha alma. Compro uma água, volto a andar depressa... Ela me espera, finalmente, ela me espera. Sigo arfante em encontrá-la. A felicidade bateu na porta e correu, quer que eu a siga. A felicidade me telefonou, quer que eu a encontre. A felicidade me deu um presente, quer que eu desfrute. Por isso corro, corro pra escrever e dizer que estou encontrando-a e não sei se eu apenas me assisto... Não me importa, o romance tá surpreendendo a cada capítulo e eu não perco por nada - a novela da minha vida.
 Algumas tardes a gente toma um café, numa conversa longa. Encontros imprevisíveis, espontâneos. Soltamos gargalhadas despercebidas, tornamo-nos amigas sem dá conta da hora. E porque marcar horário com a felicidade, como uma consulta ao médico? A felicidade cura, é certo. Mas vem assim... Sem que possamos nem sequer preparar um cartaz de "Bem vinda". Porque ela sempre será bem vinda! E vou, sorrindo pelos cantos, pela boa companhia que ando conhecendo ainda mais. Ela fez as malas e veio me visitar, acho que veio pra ficar. Eu finjo que veio pra ficar, de vez.

"É uma lei básica: exatamente como a água flui para baixo e o fogo flui para cima, o amor flui em direção a felicidade."

5 comentários:

  1. Parabens, minha filha querida, voce escreve muito e bem, continue, não pare.

    ResponderExcluir
  2. "o romance tá surpreendendo a cada capítulo e eu não perco por nada - a novela da minha vida." Simplesmente lindo texto!

    ResponderExcluir
  3. "A felicidade cura, é certo" .
    Muito bom! Texto com clima leve, espontâneo. E como sempre, a gente vai se identificando através das palavras :)

    ResponderExcluir
  4. "A felicidade bateu na porta e correu, quer que eu a siga." Que texto lindo e gostoso de se ler! Parabéns luh.

    ResponderExcluir
  5. "E porque marcar horário com a felicidade, como uma consulta no médico. A felicidade cura, é certo." Assim eu não vou querer fazer outra coisa da vida a não ser ler teus textos, menina!

    ResponderExcluir