23 de dez de 2014

Você chegou, me deu um medo, me deu uma felicidade. Caí em voo e foi tão alta e rápida a descida, que não deu tempo de pensar no bater das asas. Eu senti o vento, a adrenalina, a angústia, a ansiedade, o encontro. 
Fazer nascer, descobrir e regar o amor é essa descida sem mapa. O amor é fazer o mapa juntxs. É sempre uma descoberta, que tem acertos e erros. E aprendizado. A gente vai aprendendo como voar melhor, vai exercitando as asas. Tu que és pássaro, tens me ensinado bastante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário