27 de dez de 2011

Sem começo / fim

 Não teve fim. Fim seria a não continuação das coisas. Só tem término aquilo que um dia continuou e que poderá ter um fim. O fim nunca chega. O fim, em si, é uma palavra inalcançável, pois tudo que possui continuidade é que terá um fim. E a eterna continuação não possibilita que ele chegue.

Um comentário:

  1. Oi Lucille, boa tarde!!
    Bem, que teoria é essa, menina?! rs Fiquei pensando que talvez você tenha estabelecido o fim do fim. Como todas as coisas continuam, o fim não existe. Mais que inalcançável, ele é um conceito inexistente. E fim de conversa! rs
    Bem, talvez não. Penso que o fim tem dois aspectos: o real (para muitas coisas ele chega, sim!); e o relativo (pensa-se ter chegado o fim, mas percebe-se depois, normalmente pela persistência, uma continuidade). Você abordou o segundo aspecto, mas o primeiro existe e é maioria ao nosso redor.
    Um beijo carinhoso, querida filósofa
    Doces sonhos
    Leo

    ResponderExcluir